Tasso cobra posição mais firme do governo federal sobre invasão da Rússia ao território da Ucrânia

O parlamentar retomou o mandato no Senado Federal após um período de licença

O senador Tasso Jereissati (PSDB) cobrou, nesta terça-feira (8), uma posição mais firme do governo brasileiro com relação a invasão da Rússia ao território da Ucrânia. O parlamentar retomou o mandato no Senado Federal após um período de licença.

“Devemos exigir do Brasil uma posição muito clara e muito firme em relação a isso. Não é questão de fertilizantes, de ser com o preço mais caro, mas é uma questão de civilização. De um momento civilizatório que estamos vivendo”, declarou.

O conflito entre Rússia e Ucrânia chegou ao 13º dia. Em reunião realizada nessa segunda-feira (7), os países entraram em acordo para a abertura de um corredor humanitário para permitir a retirada de civis das cidades ucranianas de KharkivKievMariupol e Sumy, cidades que são palcos de cenários violentos.

“Eu assisto televisão, vejo noticiário e não acredito no que eu estou vendo. Eu pensei que as cenas que estou vendo na Ucrânia hoje eu só veria em filmes, em documentários da 2ª Guerra Mundial, e que bombardeios a cidades inteiras, com fuga em massa das populações das cidades, crianças, mulheres morrendo sob forte bombardeio e tiroteio”, lamentou.

Voltando da licença

O senador Tasso Jereissati retornou ao cargo após quatro meses. Durante o período, a vaga estava sendo preenchida pelo empresário Chiquinho Feitosa (UB).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *