Educação

Sindicato aprova estado de greve de professores da rede estadual do Ceará

O Sindicado Apeoc, que representa os professores estaduais aprovou o estado de greve da categoria, durante uma assembleia realizada nesta sexta-feira (15). A partir da próxima terça-feira (19), terão início uma séria de mobilizações que podem culminar em greve geral, de acordo com informações do Sindicato.

Na pauta aprovada na assembleia deste sexta estão reivindicações sobre remuneração e carreira, financiamento da educação, valorização dos profissionais e o pagamento de dívidas do Estado com os professores.

Entre os principais pontos estão reajuste na carreira acima da inflação, equiparação salarial dos temporários com o salário inicial de carreira dos efetivos, criação de pecúnia alimentação de 770,00/mês para professores com 200h/mês, sendo proporcional para cargas horárias inferiores; e nomeação e posse dos professores convocados.

Entre os dias 20 e 22 de março, serão realizadas atividades nas escolas, tanto no interior quanto na capital. Nesse meio tempo, no dia 21 de março haverá um deslocamento à Assembleia Legislativa para demandar apoio e efetivação da comissão da reforma da Previdência.

No próximo dia 26, será feita a paralisação estadual, com realização de uma assembleia geral para avaliação das negociações e votação do indicativo de greve. Dos dias 27 de março a 3 de abril ocorrerá a continuação das atividades nas escolas, além de encontros zonais e regionais.

Uma nova paralisação estadual acontecerá no dia 4 de abril, com nova assembleia para avaliar as negociações e votar pelo início da greve. Já no dia 8 de abril, será dado o início à greve, com um ato programado no Palácio da Abolição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *