Política

Roberto Pessoa homenageia Lúcio Alcântara por 80 anos e trabalho pelos cearenses

Prefeito de Maracanaú escreveu artigo para ressaltar importância deste homem público

O prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, escreveu artigo, publicado nesta terça-feira (16), em que homenageia o ex-governador do Ceará Lúcio Alcântara, que completa 80 anos — 53 deles devotados ao cearenses, na busca incansável de melhorar a vida da população.

Leia artigo de Roberto Pessoa na íntegra

Lúcio Alcântara, 80 anos

Completar 80 anos é testemunhar o passar do tempo, vivenciar as transformações do mundo ao nosso redor e ter uma perspectiva única sobre a vida. É uma jornada repleta de desafios, mas também de triunfos. É se dedicar a um povo. É obstinação em melhorar a vida dos cearenses. É uma oportunidade de transmitir experiências e valores para as futuras gerações.

Lúcio Gonçalo de Alcântara, filho de Waldemar Alcântara e de Maria Dolores Alcântara, médico, político e escritor. Casado com a escritora Beatriz Alcântara, tem dois filhos.

Exerceu como poucos o seu caminho. Primeiro cargo político aos 27 anos, como Secretário de Saúde do Estado do Ceará (1971-1973), função que voltaria a exercer por mais duas vezes, em 1975 e 1991. Aos 36 anos, foi prefeito de Fortaleza (1979-1982), exercendo um mandato marcado pela defesa do meio ambiente, criando o Parque Adahil Barreto e garantindo proteção às lagoas urbanas de Fortaleza.

A sua determinação e sua gestão o levou à Brasília, onde, como deputado federal, participou da Assembleia Nacional Constituinte em 1988. Foi vice-governador, senador e governador do Ceará.

Servir foi sempre seu objetivo. É autor da Lei Federal que regula o Transplante de Órgãos no Pais (04/02/1997) e o atual Presidente do Instituto de Câncer do Ceará – ICC.

Participa de diversas entidades públicas, culturais e de cunho associativo e é ex-Presidente do Instituto do Ceará, Histórico, Geográfico e Antropológico. Além de suas ações como político, o ex-governador do Ceará tem uma vasta produção intelectual, já tendo publicado 42 obras, o que valeu a vaga de titular da cadeira 26 da Academia Cearense de Letras.

Pela sua história de destaque como homem público e por sua importante trajetoria na cultura do Ceará, foi definido como LÚCIO QUASE TUDO pelo jornalista e colunista diário mais longevo do mundo, Lúcio brasileiro. Fazer 80 anos é um motivo para comemorar a vida, honrar todas as experiências vividas e agradecer por cada dia.

Parabéns, Lúcio Alcântara. Que bom poder fazer parte dos que continuam aprendendo com você. Por isso peço permissão aos milhares de amigos e admiradores para publicar esta homenagem.

Do seu amigo, Roberto Pessoa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *