Geral

Morre radialista Francisco Félix

Morreu nesta quarta-feira (13 de dezembro de 2023), em Fortaleza,  aos 83 anos, o radialista e jornalista Francisco Félix de Lima.

Francisco Félix trabalhou na:

  • Rádio Pitaguary de Maracanaú.
  • TV Educativa-Canal 5.
  • TV Ceará-Canal 5.
  • Ceará Rádio Clube.
  • Jornal Correio do Ceará.
  • Jornal Unitário.
  • Presidente da Crônica Carnavalesca Cearense.

Francisco Félix de Lima, o Chico Félix, nasceu. em Fortaleza-Ceará, em 22 de maio de 1940. Filho de José Félix e Maria Dolores Félix. Casado com Vladia Cavalcanti Félix, pai de seis filhos, 14 netos e três bisnetos.

Suas atividades na comunicação foram iniciadas em 1961 na Rádio Uirapuru, transferindo-se posteriormente para os Diários e Rádios Associados, onde trabalhou nos jornais Unitário e Correio do Ceará, na Ceará Rádio Clube e na TV Ceará, onde foi redator dos noticiários e produtor e jurado do Programa Irapuan Lima.

Exerceu atividades profissionais também na TV Educativa, como apresentador e jurado, no jornal O Estado, na Rádio AM Metropolitana e na Rádio AM Pitaguary, de Maracanaú, onde permanece até hoje como diretor de programação, responsável pela apresentação do Programa Histórias do Além e no programa de domingo Revivendo a Era de Ouro do Rádio.

Criou e produziu os concursos Mini e Midi Miss Ceará, Rainha do Carnaval Gay, Miss Ceará Gay, Rei e Rainha Mirim do Carnaval, Melhores e Mais Populares do Rádio TV, Festival de Músicas Carnavalescas e o Troféu Honra ao Mérito.

Escreveu e lançou o Livro Dinastia Momo, que conta a história do Carnaval de Fortaleza de 1931 a 2013. Gravou o CD Românticas de Francisco Félix. Foi presidente da Crônica Carnavalesca por mais de 30 anos, Assessor de Comunicação do Mobral Fortaleza. Foi agraciado com o título de cidadão de Maracanaú, concedido pela Câmara Municipal, recebendo o troféu Honra ao Mérito da Secretaria Municipal de Fortaleza e o troféu do hospital Albert Sabin por levar alegria às crianças na época de Carnaval.

Com informações de Joseoly Moreira.

  • Nota de Pesar-Sindjorce: Francisco Felix. É com profundo pesar que o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Ceará (Sindjorce) comunica o falecimento de um dos seus membros mais queridos, Francisco Felix Lima, ocorrido nesta quarta-feira, 13 de dezembro. Filiado ao sindicato com o número 276, desde 28 de junho de 1971, Felix deixou uma marca indelével em nossa comunidade jornalística. Sua trajetória foi marcada pelo comprometimento e paixão pelo jornalismo, mesmo após sua aposentadoria. Infelizmente, ele nos deixou após complicações decorrentes de um acidente. Jornalista e radialista, Felix atuava de maneira exemplar no cenário radiofônico cearense. Contribuiu significativamente para a Rádio Pitaguary de Maracanaú e ocupou a posição de presidente da Crônica Carnavalesca Cearense, sendo uma figura de destaque na cultura e na história do carnaval em nosso Estado. Em 2015, o Sindjorce prestou merecidas homenagens a Francisco Félix, reconhecendo sua contribuição como “editor” do Bloco Matou a Pau…ta!. As honrarias se estendiam à Crônica Carnavalesca (fundada em 1948), grande aliada do bloco da categoria. Neste momento de dor e saudade, expressamos nossas condolências à família, amigos e colegas de trabalho de Francisco Felix Lima. Que sua memória perdure como inspiração para todos nós, e que sua contribuição inestimável para o jornalismo e a cultura cearense seja lembrada com carinho e gratidão. Velório e Sepultamento: Hoje (13), a partir das 14 horas, será realizado o velório, seguido por uma missa às 15 horas. O sepultamento está previsto para as 16 horas no Cemitério Memorial Fortaleza-Rua Paulo Afonso, 1191 – Maracanaú”.
  • Nota de Pesar-Apcdec: A Diretoria da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apced) lamenta profundamente o falecimento do radialista Francisco Félix, diretor da Rádio Pitaguary de Maracanaú. Aproveita o ensejo para enviar votos de pesar à família enlutada e reconhecer o seu notável serviço prestado à Comunicação Cearense. Descanso eterno dá-lhe Senhor!

Fonte: https://www.blogdolauriberto.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *