Manifestantes fazem terceiro ato contra presidente Bolso

Manifestantes realizaram no último sábado (3) o terceiro ato em 35 dias pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Todas as 27 capitais registraram a ocorrência de protestos. Foi a primeira mobilização desde que um super pedido de impeachment foi protocolado na Câmara dos Deputados, na última quarta-feira (30), e após novas denúncias de corrupção na compra de vacinas contra a Covid-19 pressionarem o governo federal.

As revelações de supostas irregularidades ganharam destaque na pauta dos atos, com faixas, cartazes e camisetas afirmando “Bolsonaro corrupto” e “Sua vida vale um dólar”, em referência a pedido de propina de um servidor do Ministério da Saúde em negociação de vacinas. Os atos foram preparados às pressas, depois que as organizações que puxam a iniciativa decidiram antecipar a mobilização. Até então, o ato seguinte seria em 24 de julho, mais de um mês depois do protesto de 19 de junho.

A manifestação do dia 24, no entanto, está mantida. Segundo os organizadores das manifestações deste sábado, foram realizados 352 atos em 312 cidades do Brasil, em todos os estados e no Distrito Federal. Em São Paulo, o ato de sábado reuniu 5.500 pessoas na avenida Paulista, segundo estimativa da Secretaria da Segurança Pública do estado.

Fonte: https://oestadoce.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.