Fora de casa, Fortaleza perde de 2 a 1 para Atlético Paranaense

O Fortaleza perdeu de 2 a 1 para o Atlético Paranaense na noite deste sábado (3), na Arena da Baixada, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Furacão chegou a 19 pontos, estando no G-4 do Campeonato Brasileiro. Já o Tricolor do Pici, atualmente está com 15.

Foto: Divulgação/Athletico

Sobre a partida, bastou um minuto de jogo para o Athletico abrir o placar. Na troca de passes entre Nikão, Christian e Abner, a bola terminou com Vitinho pelo lado esquerdo. O cruzamento rasteiro encontrou Terans, que girou bem dentro da área e tirou do goleiro para balançar as redes. O balde de água fria para o Fortaleza foi ainda maior, já que, minutos depois, o atleta participou da jogada que terminou no gol de Matheus Babi, desviando um chute de Vitinho. Em menos de dez minutos, o Furacão já abria 2 a 0 e ainda quase fez o terceiro, mas a bomba de Vitinho explodiu no travessão de Felipe Alves.

O baque do Fortaleza foi tanto que o time demorou para entrar na partida e começar a ameaçar o gol de Santos. Isso só aconteceu com quase meia hora de jogo nas boas finalizações de Matheus Vargas e Lucas Crispim. Por outro lado, as chances de gol não diminuíram o nervosismo e a irritação do time visitante. O melhor exemplo disso foi o cartão levado por Ronald, que deu uma entrada forte e desnecessária em Vitinho e deu início a um desentendimento entre jogadores dos dois clubes.

A disputa que já era boa ganhou ainda mais intensidade após o intervalo. O Fortaleza voltou menos nervoso e mais concentrado em iniciar uma reação. Ela quase veio no chute de Pikachu (na rede pelo lado de fora), na bicicleta de Robson ou na finalização de fora de Matheus Vargas, que passou perto do travessão. Quando o time parecia perder o gás, Torres saiu do banco e diminuiu o marcador faltando cinco minutos para o apito final. Com mais quatro de acréscimos, os visitantes se lançaram ao ataque, dando ainda mais emoção nos últimos minutos, mas só ficaram no quase. 2 a 1 placar final.

Em relação ao jogo, o treinador do Fortaleza, o argentino Juan Pablo Vojvoda, lamentou em entrevista coletiva após a partida o desempenho de sua equipe contra o time paranaense “Nos primeiros dez minutos, a equipe não teve a concentração que necessita para esse tipo de jogo com um gramado muito rápido e um adversário jogou muito bem. Iremos trabalhar para corrigir esses erros”, declarou o técnico Vojvoda.

Fonte: https://oestadoce.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.