Política

Em Fortaleza, Bolsonaro lança apoio a André Fernandes

No próximo dia 11 de abril, o ex-presidente da República Jair Bolsonaro (PL) estará visitando o Ceará. Ele virá a Fortaleza para o lançamento da pré-candidatura do deputado federal André Fernandes (PL) à Prefeitura da Capital. O anúncio ocorreu nessa quinta-feira (21) em vídeo publicado nas redes sociais de Fernandes em que ele aparece ao lado de Bolsonaro.

“Olá, amigos de Fortaleza, do meu Ceará, terra do meu sogro, no próximo dia 11 (de abril) estaremos no lançamento da pré-candidatura do André Fernandes à Prefeitura dessa capital”, anunciou o ex-presidente.
De acordo com as informações divulgadas, o evento acontecerá a partir das 17 horas, no Ginásio Paulo Sarasate, na Aldeota, em Fortaleza. Nomes nacionais ligados a Bolsonaro e à direita estão com presenças confirmadas como os senadores Magno Malta (PL-ES) e Marcos Rogério (PL-RO); os deputados federais Nikolas Ferreira (PL-MG), Gustavo Gayer (PL-GO), Filipe Barros (PL-PR) e Amália Barros (PL-MT).

Impasse
A última vez que Bolsonaro esteve em Fortaleza foi em setembro do ano passado, quando ainda havia um impasse sobre a pré-candidatura do PL na Capital, tendo em vista que dois nomes disputavam internamente para ser o representante do partido na eleição de 2024: o deputado federal André Fernandes e o deputado estadual Camelo Neto. Na época, os dois acompanharam Bolsonaro de perto na passagem por Fortaleza.

A definição ocorreu em novembro, quando o presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, anunciou que o pré-candidato seria André Fernandes. “Quero falar para Fortaleza agora, dizer que o André vai ser nosso pré-candidato a prefeito de Fortaleza, com apoio do Bolsonaro, da Michelle (Bolsonaro), de toda a bancada do PL nacional, que não são poucos. São 100 deputados. Quero dizer para vocês que fiquei feliz com essa decisão, porque o presidente Bolsonaro queria o André como candidato, acha que ele tem potencial para ganhar essa eleição e vamos ganhar essa eleição”, disse Valdemar em vídeo naquela ocasião.

“Não vai ser uma luta fácil, obviamente a gente sabe das dificuldades da nossa cidade, mas vamos aí com tudo, a gente quer sim o melhor para nossa Fortaleza, para o nosso Ceará”, complementou Fernandes.
O anúncio veio após acordo realizado em Brasília com lideranças do PL para abrir caminho à pré-candidatura de Fernandes, nome de preferência de Bolsonaro, deixando Carmelo Neto com a presidência estadual do partido no Ceará.

Um dia antes, esse posto ficou vago após o prefeito do Eusébio, Acilon Gonçalves (PL), renunciar à função. Em nota, Gonçalves alegou “divergências de entendimento com outros membros da sigla”. O prefeito também falou em “dificuldades de relacionamento com pessoas do partido que não pertencem oficialmente à Executiva Nacional, tão pouco à Executiva do Partido Liberal no Estado do Ceará”.
Nos bastidores, apontava-se divergências entre Acilon Gonçalves e André Fernandes sobre as definições do PL em Fortaleza. Enquanto Fernandes e outros filiados apoiavam uma candidatura própria, outras alas do partido preferiam uma aliança com outra sigla como União Brasil, comandada por Capitão Wagner, também pré-candidato na Capital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *