Polícia

Condenado por estuprar e matar universitária foge de presídio em Pacatuba, no Ceará

O presidiário Nilson Reis Feitosa, condenado por estupro e assassinato, fugiu nesta sexta-feira (8) da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, localizado em Pacatuba, na Grande Fortaleza.

Nilson Reis foi condenado pelo assassinato da estudante de medicina Tallyne Teles, de 22 anos, crime ocorrido no ano de 2009 em Teresina. O corpo da estudante foi encontrado em um matagal com dois tiros na cabeça na cidade de Buriti dos Lopes, a 281 km de Teresina.

O presidiário foi condenado pela Justiça do Piauí a 30 anos de prisão pelo assassinato da estudante. À época do crime, ele manteve a estudante em cárcere privado, a estuprou e matou.

Ele foi preso dias depois, após trocar tiro com policiais. Nilson Reis foi baleado na perna e na região do abdômen. Em junho de 2010, ele foi julgado e condenado.

Ele é considerado um criminoso perigoso e já foi condenado por diversos crimes, no Piauí e no Ceará, incluindo estupros, sequestros e roubos a carros-fortes.

Em nota, a Secretaria da Administração Penitenciária do Ceará afirma mantém equipes em busca do condenado, com apoio de forças de segurança do estado, “para a rápida recaptura do preso”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *