Ciro Gomes dispara contra Lula e chama petista de “sub-Hitler”

Enquanto isso, o PT do Ceará silencia diante das sucessivas agressões

Ciro Gomes (PDT) fez novos ataques ao ex-presidente Lula (PT), nessa quinta-feira (3). Em entrevista à Rádio Brasil Campinas, o pedetista afirmou que escolher entre Jair Bolsonaro (PL) e Lula seria o mesmo que “votar no sub-Hitler para derrotar o Hitler“. Ele ainda comparou a ascensão do nazista na Alemanha com a eleição do atual chefe do Executivo, em 2018.

Querem entupir que o povo tem que votar nele [Lula] para poder não engolir o Bolsonaro. Ora, é a mesma coisa de você votar no sub-Hitler para derrotar o Hitler“, disparou.

Ainda durante a entrevista, Ciro mencionou o Tratado de Versalhes, que foi assinado após o fim da 1ª Guerra Mundial e impôs punições à Alemanha. O pedetista relembrou que a crise gerada na Alemanha, devido as sanções, foi o principal motivo para a ascensão de Hitler e afirmou que o mesmo aconteceu na disputa presidencial que elegeu o presidente Bolsonaro.

“Precisamos entender o que gerou o Hitler para entender o que gerou Bolsonaro e essa força tão perigosa para nós brasileiros, que amamos a democracia e as liberdades. O que gerou o Hitler foi o Tratado de Versalhes, uma espécie de petismo arrogante que está aí de novo, de salto alto, já ganhou, que desconsidera a complexidade do povo”, disse.

“Bolsonaro era um medíocre, coitado. O povo votou magoado, aborrecido, frustrado por esse encontro da pior crise econômica, que é essa que está aí — e quem produziu essa crise econômica não foi Bolsonaro, vamos ser humildes, quem produziu essa extensa crise econômica foi o PT e o Lula”, completou.

Fonte: cn7.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.