Ceará tem 50% de chances de ter chuvas acima da média no trimestre de fevereiro a abril

Os dados foram repercutidos pelo governador Elmano, nas redes sociais

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) divulgou, nessa sexta-feira (20), um prognóstico climático que aponta 50% de probabilidade de chuvas acima da média no trimestre de fevereiro a abril de 2023, no Ceará. Os dados foram apresentados em evento no Palácio da Abolição.

Conforme o estudo, as probabilidades são de 50% para precipitações acima da normalidade, 40% em torno dela e 10% para chuvas abaixo da média climatológica. O prognóstico indica ainda, alta variabilidade espacial e temporal na distribuição das chuvas no estado.

 

“As condições oceânicas são favoráveis para todo o norte da região Nordeste, o que acaba sendo bom não somente para o Ceará, porém, é importante reforçar que, mesmo confirmando-se o cenário mais provável, é natural que dias mais secos ocorram durante o trimestre. Já uma tendência que o mês de fevereiro, principalmente no início, seja de poucas precipitações”, explicou o presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins.

O cenário é resultado de modelos climáticos globais e regionais e com base em análises dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala, os quais indicam, no oceano Pacífico equatorial central e leste, as condições que caracterizam o fenômeno La Niña. “Quando há a atuação de La Niña, o Ceará acaba sendo, relativamente, beneficiado, pois, ela provoca o resfriamento do Atlântico Norte Tropical, com isso, fica-se mais favorável à formação de chuvas”, reforçou Eduardo Martins.

Já no oceano Atlântico Tropical Sul, observam-se áreas mais aquecidas próximo à costa norte do Brasil e à África, além do predomínio de anomalia de Temperatura da Superfície do Mar (TSM) em torno da média próximo à região Equatorial. O oceano Atlântico Tropical Norte exibe predomínio de áreas mais aquecidas e em torno da média.

Para o trimestre fevereiro, março e abril, os modelos oceânicos que preveem a TSM indicam tendência de condições neutras no oceano Pacífico equatorial e anomalias positivas de temperatura da superfície do mar no oceano Atlântico Tropical Sul, o que deve colaborar para um posicionamento mais favorável da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que é o principal sistema indutor de chuvas no Ceará durante a Quadra Chuvosa.

Boa notícia, mas..

Nas redes sociais, o governador Elmano de Freitas (PT) comemorou a previsão, mas alertou sobre a importância do uso racional da água. “Mesmo com a boa notícia, vale lembrar que é fundamental usar a água de maneira racional para que esse bem tão precioso não falte no futuro”, escreveu.

Fonte: cn7.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *